Noticias

Mulher prega o Evangelho para seu estuprador, durante julgamento no tribunal

A ex-ginasta Rachael Denhollander pregou o Evangelho para o homem que a abusou aos 15 anos de idade, durante sua declaração no tribunal.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DE CHRISTIAN NEWS

ATUALIZADO: SEXTA-FEIRA, 26 JANEIRO DE 2018 AS 1

Rachael Denhollander é uma das 150 mulheres abusadas pelo Dr. Larry Nassar. (Foto: Jeff Kowalsky/Agence France-Presse/Getty Images)

Uma ex-ginasta que foi abusada sexualmente aos 15 anos de idade pelo médico de esportes, Larry Nassar, pregou o Evangelho para o agressor durante sua declaração no tribunal dos Estados Unidos.

Rachael Denhollander foi a primeira mulher a expor os casos de abuso em 2016, depois que a ginástica dos EUA foi acusada de não investigar adequadamente as acusações de agressão sexual de jovens ginastas. A punição de Nassar passou de 40 para 175 anos de prisão.

“Você escolheu perseguir seus desejos perversos, não importa o que isso custe aos outros. O oposto do que você fez, portanto, é escolher amar sacrificialmente, não importa o que me custe”, disse ela enquanto se dirigia a Nassar durante sua declaração.

Rachael observou o fato de Nassar levar a Bíblia para a corte e pedir perdão. “Se você leu a Bíblia que você carrega, você sabe que a definição de amor sacrificial retratada nela vem de Deus, um amor tão sacrificial que Ele desistiu de tudo para pagar a penalidade dos pecados que Ele não cometeu. Por Sua graça, eu também, escolho amar — não importa o que custe”, disse ela.

A jovem de 32 anos, que hoje é casada e trabalha como advogada, incentivou Nassar a se arrepender de seus erros. “Se você leu a Bíblia que carrega, então você sabe que o perdão não vem por fazer coisas boas, como se as boas ações pudessem acabar com o mal que você cometeu. Ele vem do arrependimento, que exige reconhecer o que você fez, em sua total depravação e horror. Sem desculpas, sem fingir que você pode cobrir isso com coisas boas”.

Depois de explicar as consequências do pecado, Rachael falou também sobre a graça de Deus, quando Jesus se ofereceu no lugar de pecadores. “Isso é o que torna Evangelho de Cristo tão doce”, disse ela. “Eu oro para que você experimente algum dia o peso da culpa da alma, para que possa ser seguido pelo verdadeiro arrependimento e perdão de Deus”.

Segundo os relatórios, Nassar enxugou seus olhos durante as declarações das vítimas em alguns momentos e, em outros, não expressava emoção. Mais de 150 mulheres afirmam terem sido abusadas por ele e se apresentaram durante a audiência da sentença.


Por: ADLINHARES


Evento 1

Palestra Pais e Filhos

detalhes