Noticias

Pastor é declarado morto após ataque cardíaco no púlpito, mas volta à vida no hospital

O pastor Mike Rice sobreviveu a um ataque cardíaco e sua história se tornou um testemunho de milagre.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO DAILY INDEPENDENT

ATUALIZADO: QUARTA-FEIRA, 15 AGOSTO DE 2018 AS 3:24

Enquanto pregava um sermão na Igreja Batista de Fairview, em Kentucky (EUA), o pastor Mike Rice sofreu um ataque cardíaco e desmaiou diante dos fiéis. No entanto, o que poderia ser uma tragédia se tornou uma história de milagres.

No dia 10 de junho, o pastor de 66 anos estava pregando quando seu coração parou de bater. Em questão de segundos, os obreiros correram para o altar com um desfibrilador, que foi comprado há dois anos.

Um membros dos que socorreram o pastor, o médico Ish Stevens, achou que Rice havia desmaiado por ser diabético e estar com baixo teor de açúcar. Ele iniciou a desfibrilação no pastor com a ajuda da enfermeira Jo Cathey, que também é parte da igreja.

A equipe do Corpo de Bombeiros, que estava do outro lado da rua fazendo um treinamento, também ajudou no socorro e usou um aparelho para recuperar sua respiração. Mas o pastor passou quase oito minutos sem oxigênio. “Três minutos podem causar danos cerebrais”, explicou Rice ao Daily Independent.

Rice foi levado às pressas para o hospital King’s Daughters Medical Center, onde foi internado em estado grave. Com o passar do tempo, poucos pensaram que ele fosse sobreviver. Sua família e toda a comunidade se manteve em oração pelo pastor.

Segundo a Associação Americana do Coração, cerca de 90% dos casos de parada cardíaca são fatais. Diante das probabilidades, os médicos consideraram a sobrevivência de Rice um milagre.

“[O médico] olhou para os jornais e disse: ‘Você estava morto. Você é um milagre. Eu não uso essa palavra facilmente, mas você é um milagre. Você estava morto’”, contou Rice ao WYMT.

Novo começo

No último domingo (12), Rice esteve no culto para agradecer à igreja e relatar que pessoas que ele nunca conheceu estavam orando por ele. “Todos os dias encontro [na rua] alguém que orou por mim”, comenta.

Os médicos que trataram seu caso reconhecem o milagre, pois alegam ser inexplicável ele ter vivido sem danos cerebrais, pelo menos. “As palavras ‘milagre’ e ‘há algo para você’ foi o que mais ouvi”, ele conta.

O pastor também conta que seu testemunho impactou muitos funcionários do hospital. “As pessoas viam a igreja de uma maneira diferente, de uma forma positiva”, ele disse. “Algumas das enfermeiras falaram sobre como minha vida e a reação das pessoas as tocaram, e como elas foram incentivadas a voltar à igreja”.

Rice está feliz por voltar ao púlpito e olhar para sua congregação. É algo que muitos pensaram que nunca mais aconteceria. “Eu acordo todos os dias sabendo que há um propósito. Este pode ser o último dia, mas há um propósito”, declarou o pastor.


Por: ADLINHARES


Evento 1

Palestra Pais e Filhos

detalhes